Skip to main content

Em um cenário que valoriza muito a automatização de processos e eficiência operacional, o sistema SAP se tornou uma ferramenta essencial para empresas de todos os tamanhos e setores. Neste artigo, vamos explicar para você o que é um sistema SAP, suas principais vantagens e sua estrutura.

O que é um sistema SAP?

Para muitos, a sigla “SAP” pode parecer um enigma, mas, na realidade, é uma abreviação de “Sistemas, Aplicativos e Produtos em Processamento de Dados” (em alemão, “Systeme, Anwendungen und Produkte in der Datenverarbeitung”). Em essência, o Sistema SAP é uma suíte de software empresarial que oferece uma gama abrangente de soluções para gerenciamento de negócios.

No centro dele está a integração. Ele é projetado para unificar informações e processos em toda a organização, o que significa que diferentes departamentos, como finanças, recursos humanos, vendas, logística e produção podem ser acessados e gerenciados de um único local. Assim, é possível compartilhar dados em tempo real.

Isso resulta em uma visão abrangente das operações da empresa e permite que a alta administração tome decisões mais embasadas.

O sistema SAP não é um modelo único, na verdade, ele é composto por vários módulos, cada um com uma funcionalidade específica. Isso permite que as empresas escolham os que melhor atendam às suas necessidades e os integrem conforme necessário.

Além disso, esse software é altamente escalável, o que significa que ele pode ser adotado por empresas de pequeno, médio e grande porte. Dessa forma, ele oferece soluções para melhorar a eficiência, a produtividade e a visibilidade dos processos.

Os módulos de um sistema SAP

Uma das características mais notáveis do Sistema SAP é a sua modularidade. Ele é composto por uma vasta gama de módulos, cada um projetado para atender a uma função específica em uma organização. 

Essa abordagem permite que as empresas personalizem sua implementação do SAP de acordo com necessidades e objetivos exclusivos. Aqui estão alguns dos principais módulos em um Sistema SAP:

SAP CO (Controlling)

O SAP CO é responsável pelo controle de custos e planejamento financeiro. Ele inclui funções como análise de desempenho e planejamento estratégico. Esse módulo fornece informações valiosas para tomadas de decisão, permitindo que as empresas controlem seus custos e maximizem a lucratividade.

SAP QM (Quality Management)

O SAP QM se concentra na gestão da qualidade de produtos e processos. Ele abrange inspeções, gestão de defeitos e garantia de excelência. Isso ajuda as empresas a manter altos padrões de qualidade, atender aos requisitos regulatórios e melhorar a satisfação do cliente.

SAP HCM (Human Capital Management)

Responsável pelos recursos humanos, o SAP HCM abrange desde o recrutamento e a gestão de pessoas até a folha de pagamento e a administração de benefícios. Ele ajuda as empresas a atrair, desenvolver e reter talentos, garantindo o cumprimento das leis trabalhistas e a satisfação dos funcionários.

SAP MM (Material Management)

O módulo SAP MM é focado na gestão de materiais dentro da organização. Isso inclui o controle de estoque, gestão de fornecedores e planejamento de necessidades de material. 

Ele permite que as empresas otimizem os custos de estoque, garantam o suprimento adequado de equipamentos e melhorem a eficiência dos processos de compras.

SAP SD (Sales and Distribuition)

O SAP SD cuida dos processos de vendas e distribuição, abrangendo desde a criação de pedidos de até a entrega e faturamento. Por ele, as empresas gerenciam preços, disponibilidade de produtos, entregas a clientes e gestão de contratos de vendas. Isso contribui para uma gestão eficaz das operações e distribuição.

Leia também: Quais são as obrigações fiscais de uma empresa?

SAP FI (Financial Accounting):

O SAP FI administra a contabilidade financeira e da gestão financeira da empresa. Ele controla a contabilidade geral, contabilidade de contas a pagar e a receber, gestão de ativos fixos e geração de relatórios financeiros. Esse módulo é essencial para a elaboração de demonstrações financeiras precisas e para o controle das finanças da organização.

SAP PP (Production Planning):

Faz o planejamento e controle da produção. O SAP PP ajuda as empresas a planejar suas atividades de produção, determinar a capacidade de fabricação e criar ordens de produção. Isso garante que a produção seja eficiente, atenda à demanda do mercado e mantenha os custos sob controle.

Cada um desses módulos desempenha um papel vital na operação de uma empresa e pode ser personalizado para atender às necessidades específicas do negócio. A capacidade de integração entre eles é o que torna o sistema SAP uma ferramenta poderosa para melhorar a eficiência e a produtividade em toda a organização.

Leia também: Quais são as vantagens de usar o sistema de automatização de documentos fiscais?

consultoria sap 2

As vantagens da tecnologia SAP

Implementar um sistema SAP oferece diversas vantagens significativas para as empresas. Confira algumas delas a seguir.

  • Integração de processos: uma das maiores vantagens do sistema SAP é a capacidade de integrar processos de negócios de toda a organização. Isso elimina redundâncias e melhora a comunicação entre os departamentos.
  • Tomada de decisões baseada em informações: com o acesso a dados em tempo real e análises avançadas, as empresas conseguem tomar decisões informadas e estratégicas. Graças ao SAP, é possível ter uma visão ampla dos dados por meio de dashboards e relatórios personalizáveis.
  • Eficiência operacional: a automação de tarefas rotineiras e a simplificação de processos resultam em uma maior eficiência operacional. Isso reduz os custos e melhora a produtividade dos setores. Clientes da Addvisor, por exemplo, após implementarem nossas soluções SAP, automatizaram suas operações em 90% e diversos processos burocráticos e que levavam tempo passaram a serem concluidos no dia.
  • Visibilidade e transparência: o SAP oferece uma visão em tempo real de todos os aspectos do negócio, desde finanças até a cadeia de suprimentos. Isso promove a transparência e ajuda a identificar possíveis problemas com mais agilidade.
  • Melhoria na experiência do cliente: ao automatizar os processos internos da empresa, o relacionamento com o cliente automaticamente torna-se mais efetivo e mais eficaz. No projeto que a Addvisor realizou para DPaschoal, caso não houvesse toda a integração da operação, o atendimento ao cliente não teria tanta agilidade.

A estrutura de um sistema SAP

Um sistema SAP é composto por várias camadas, sendo cada uma responsável pelo seu funcionamento geral. Confira o que cada uma faz.

Front end

A camada front end é a interface do usuário, ou seja, tudo o que ele interage (como botões, links e campos de texto para preenchimento). Ela deve fornecer uma maneira amigável e intuitiva de acessar e usar as funcionalidades do SAP. 

Os usuários podem executar transações, inserir dados e visualizar informações por meio de interfaces gráficas de usuários (GUIs) ou aplicativos, tornando o SAP acessível a pessoas de diferentes áreas e funções dentro da organização.

Back end

Aqui é onde se encontra o coração do sistema SAP. O back end é a camada que executa e gerencia todos os processos do negócio. Esse nível é o responsável por executar a lógica e o processamento de dados de uma operação.

Tudo isso é feito nos bastidores, para que, as informações mostradas no front end, sejam as mais amigáveis e automatizadas possíveis para o usuário.

Database

Também conhecido como banco de dados. Nele é onde estão armazenados todos os dados de um sistema. Por conta de sua natureza integrada, o SAP suporta diversos sistemas de gerenciamento de banco de dados como o SQL Server e Oracle. 

A segurança para essa camada é crucial, já que é nela que estão todas as informações de um sistema. Por isso, todo o armazenamento realizado em uma database precisam seguir rigorosos protocolos de proteção para evitar o vazamento de dados.

ABAP (Advanced Business Application Programming)

O ABAP é uma linguagem de programação desenvolvida especificamente para personalizar e estender as funcionalidades do SAP.

Desenvolvedores usam o ABAP para criar programas e relatórios personalizados, adaptar o sistema às necessidades específicas da empresa e automatizar processos de negócios. É o elo entre o Front End e o Back End, permitindo a personalização e a expansão das capacidades do sistema.

A diferença que um sistema SAP pode fazer na sua empresa

O sistema SAP não é apenas uma suíte de software empresarial, é uma plataforma que capacita as organizações a se adaptarem e prosperarem em um ambiente de negócios em constante mudança.

Sua capacidade de integrar informações e processos, juntamente com a sua escalabilidade e flexibilidade, o torna uma escolha assertiva para empresas de todos os tamanhos e setores.

É importante destacar que a implementação dele não é uma tarefa trivial, pois envolve um planejamento cuidadoso, treinamento e suporte adequados. No entanto, os benefícios que ele traz, como a melhoria da eficiência operacional, a visibilidade aprimorada e a capacidade de tomar decisões estratégicas baseadas em dados, fazem com que o investimento valha a pena.

Quer saber mais sobre o sistema SAP? Confira o conteúdo completo que preparamos sobre o SAP/S4hana.

Dúvidas frequentes sobre sistemas SAP

O que é o Sistema SAP e por que ele é importante para as empresas?

O Sistema SAP, que significa “Sistemas, Aplicativos e Produtos em Processamento de Dados,” é uma suíte de software empresarial que oferece uma ampla gama de soluções para gerenciamento de negócios.

Ele é importante para as empresas porque permite a integração de processos de negócios, a tomada de decisões informadas em tempo real e a melhoria da eficiência operacional.

O SAP é uma ferramenta poderosa que ajuda as organizações a se adaptarem e a prosperarem em um ambiente empresarial competitivo.

Quais são os principais módulos em um Sistema SAP?

O Sistema SAP é altamente modular e oferece uma variedade de módulos para atender às necessidades específicas de uma organização. 

Alguns dos principais módulos incluem SAP CO (para controle de custos e planejamento financeiro.), SAP QM (gestão da qualidade de produtos e processos), SAP SD (processos de vendas e distribuição), SAP HCM (gestão de recursos humanos) e SAP PP (planejamento e controle da produção). A escolha dos módulos depende das necessidades e objetivos da empresa.

Como o sistema SAP é estruturado internamente?

O Sistema SAP possui uma estrutura em camadas composta por Front End (a interface do usuário), Back End (onde os processos de negócios são executados), Database (onde os dados são armazenados) e ABAP (Advanced Business Application Programming), uma linguagem de programação.