Skip to main content

Imagine robôs de software trabalhando incansavelmente para executar tarefas repetitivas do seu dia a dia no trabalho, liberando recursos humanos para você se concentrar em atividades mais estratégicas. 

Essa é a função da automação robótica de processos, mais conhecida como RPA (do inglês Robotic Process Automation), que tem sido uma tendência significativa nos últimos anos e continua a se expandir em diversas áreas graças aos avanços tecnológicos, aumento na complexidade das operações empresariais e a busca pela eficiência operacional.

Inicialmente, o RPA era comum em áreas financeiras e de serviços, mas agora está presente nos mais diversos setores corporativos. Afinal, os negócios que hesitarem em aderi-lo estão, inevitavelmente, ficando para trás. 

Um estudo feito pelo Grupo Everest apontou um dado interessante: empresas que aplicam a automação robótica de processos possuem ROIs (Retorno sobre Investimentos) 4 vezes maiores!

Ou seja, em um ambiente onde a velocidade das operações e a capacidade de adaptação são essenciais, a resistência ao RPA pode resultar em perda de eficiência, redução de produtividade e desvantagem competitiva.

Continue a leitura e confira tudo sobre Robotic Process Automation:

O que é Robotic Process Automation (RPA)?

Robotic Process Automation (RPA), em português “Automação Robótica de Processos”, refere-se ao uso de um software para criar “bots” que imitam ações humanas. Esses robôs são programados para executar tarefas específicas, principalmente as operacionais e transacionais, que demandam grande parte do tempo de trabalho dos colaboradores.

Entre essas atividades estão a coleta de dados, preenchimento de formulários e relatórios, conferência de informações financeiras, elaboração de comprovantes e documentos e muito mais.

Com isso, essa tecnologia visa aumentar a eficiência operacional, reduzir erros humanos e liberar espaço na rotina, para os funcionários poderem se concentrar em atividades mais estratégicas e criativas, aumentando o valor agregado ao negócio.

Ao implementar o RPA, as empresas também se adaptam facilmente às mudanças nas demandas do mercado e, claro, entregam serviços mais rápidos e precisos, o que aprimora a experiência do cliente.

As possibilidades oferecidas pelo Robotic Process Automation são vastas, permitindo a otimização de uma variedade de processos em diferentes setores, independentemente do segmento do seu negócio.

De acordo com dados da Gartner, aproximadamente 55% das principais organizações globais já incorporaram a RPA em pelo menos um de seus processos. Esse número destaca a crescente adoção e reconhecimento dos benefícios que a automação robótica proporciona.

Diferenças entre o Robotic Process Automation e a Intelligent Automation (IA)

Muitas pessoas confundem o Robotic Process Automation (RPA) com a Inteligência Artificial (IA), mas a diferença entre as duas tecnologias é simples de ser entendida.

A automação robótica de processos tem o objetivo de realizar tarefas repetitivas e rotineiras seguindo regras e lógica de negócios predefinidas. Em outras palavras, sua abordagem é estruturada e segue instruções específicas programadas pelos desenvolvedores.

Já a IA visa “simular” a mente humana, realizando tarefas cognitivas que requerem interpretação de dados e ambiguidades, raciocínio e tomada de decisões autônomas.

Ambas as tecnologias têm seu lugar, sendo escolhidas com base nas necessidades específicas da empresa e na natureza das tarefas a serem automatizadas.

robô e humano

Como funciona o Robotic Process Automation?

De forma simplificada, os robôs de um software de RPA interagem com sistemas e aplicativos, para assim automatizarem as ações humanas que normalmente são repetitivas, cansativas e rotineiras.

Para isso, os robôs RPA capturam dados de diversas fontes, como interfaces de usuário, documentos digitais ou sistemas legados. Uma vez capturados, esses dados são processados, onde os robôs aplicam regras predefinidas, realizam cálculos e validações, entre outras manipulações necessárias.

A tomada de decisões é uma etapa fundamental, na qual os robôs são programados para realizar escolhas com base em condições e regras estabelecidas previamente. É justamente essa ação que permite que o Robotic Process Automation automatize processos que demandariam intervenção humana.

Após essas etapas, os bots RPA partem para a execução das tarefas atribuídas. Ao longo de todo o processo, o RPA monitora as operações, identificando anomalias ou exceções. Além disso, gera relatórios detalhados sobre o desempenho e a conformidade das atividades realizadas.

Benefícios do Robotic Process Automation

Além do aumento da eficiência operacional, redução de erros humanos e entregas de serviços mais ágeis, a utilização do RPA também tem como vantagens:

Trabalho 24/7

As tarefas automatizadas pelo Robotic Process Automation podem ser executadas em grande escala, de forma rápida e consistente, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Afinal, os robôs RPA lidam eficientemente com grandes volumes de trabalho, mantendo consistência e desempenho mesmo em situações de alta demanda.

Integração de sistemas

Os robôs de software podem ser configurados para interagir com uma variedade de sistemas baseados nos protocolos REST/SOAP/HTTPS, tornando a integração e a transferência de dados mais eficientes. 

Monitoramento e relatórios

O Robotic Process Automation permite um monitoramento contínuo e a detecção antecipada de problemas, evitando interrupções significativas nas operações. 

A Addvisor, por exemplo, utiliza o AddTAX, pois ele possui recursos de monitoramento que permitem às organizações rastrearem o desempenho dos robôs e os processos automatizados.

Regras e lógica de negócios

O sistema opera com base em regras e lógica de negócios predefinidas. Os robôs, nesse contexto, são programados para seguir instruções específicas fornecidas durante a configuração, executando tarefas de acordo com as diretrizes estabelecidas.

Custos e produtividade

A adoção do RPA leva a economias de custos significativas, já que reduz a necessidade de mão de obra para tarefas repetitivas e permite que os funcionários se concentrem em tarefas mais estratégicas e de alto valor.

Por fim, como os robôs RPA executam tarefas com precisão e velocidade, a eficiência operacional é aprimorada, o que contribui para a maximização da produtividade.

Aplicação em diversas escalas

O RPA é escalável, sendo aplicável em pequenas empresas ou grandes corporações. Sua flexibilidade permite uma implementação modular, crescendo conforme as necessidades da organização.

Quais setores podem utilizar o Robotic Process Automation?

O Robotic Process Automation tem forte impacto sob todos os setores da indústria, pois se destaca como uma solução flexível e adaptável às diversas demandas organizacionais. 

Uma das principais forças do RPA reside na sua capacidade de ser personalizado para atender às demandas dos setores, pois cada área possui processos únicos. 

Por isso, um sistema como o AddTAX é capaz de se adaptar a essas variações, ao oferecer flexibilidade na configuração de processos específicos, permitindo uma personalização precisa.

Portanto, a capacidade de programar essa tecnologia para atender às necessidades específicas contribui principalmente para empresas do ramo:

  • Varejo e comércio;
  • Financeiro e bancário;
  • Transporte e logística;
  • Marketing e atendimento;
  • Turismo e viagem;
  • Tecnologia;
  • Setor público;
  • Educação, entre outras.

O que é o AddTAX?

O AddTAX é um sistema de automação robótica de processos projetado para impulsionar a eficiência e a precisão de tarefas de empresas dos mais diversos segmentos.

A ferramenta lida de forma inteligente com uma variedade de documentos, incluindo NF-e, NFS-e, CT-e, certificados digitais, contratos, boletos e recibos. Ao integrar esses documentos aos processos automatizados, garante-se uma gestão eficiente e livre de erros.

Dessa forma, fica fácil elaborar esses processos manuais que tanto ocupam o seu dia a dia, não é mesmo?

Por que aderir ao AddTAX?

Agora que você já sabe o que é o Robotic Process Automation, confira as principais vantagens que o sistema AddTAX oferece:

  • Automação de processos: automatize uma variedade de processos, desde a entrada de dados até a reconciliação de informações, processamento de transações e geração de relatórios;
  • Flexibilidade: é possível configurar as automações segundo as necessidades específicas de seus negócios. Isso permite uma adaptação perfeita aos fluxos de trabalho de cada organização;
  • Interação com interfaces de usuário: os robôs do AddTAX interagem de forma inteligente com as interfaces de usuário, incluindo telas de computador e aplicativos, sendo possível executar tarefas como clicar em botões, preencher formulários e copiar e colar informações, replicando as ações realizadas por usuários humanos;
  • Regras e lógica de negócios: os robôs seguem instruções específicas configuradas para realizar tarefas, mantendo a conformidade com os requisitos operacionais;
  • Escalabilidade e repetibilidade: o sistema oferece a capacidade de executar tarefas automatizadas em grande escala e sem interrupções;
  • Integração de sistemas: o AddTAX está integrado a sistemas SAP, mas ainda pode ser configurado para interagir vários outros, caso estejam baseados nos protocolos REST/SOAP/HTTPS;
  • Redução de erros: a automação de tarefas repetitivas contribui para a redução de erros humanos. Isso resulta em maior precisão nas informações administradas, eliminando inconsistências e melhorando a qualidade global dos processos;
  • Monitoramento e relatórios: inclui recursos de monitoramento que permitem o rastreio do desempenho dos robôs e dos processos automatizados;
  • Economia de custos e aumento de produtividade: a implementação do AddTAX permite que os colaboradores concentrem-se em tarefas mais estratégicas, impulsionando a produtividade geral da organização.

Aumente a eficiência operacional do seu negócio

Ao buscar eficiência e inovação na gestão empresarial, pense logo no AddTAX. Com a adoção dessa ferramenta, empresas de diversos tamanhos e setores se beneficiam da automatização eficiente de processos rotineiros.

Isso reduz erros e permite que você e seus funcionários foquem no que realmente importa. Logo, trazer o AddTAX para a sua empresa é a escolha certa se o intuito é transformar a gestão empresarial.

O AddTAX traz de volta a eficiência operacional para a sua empresa e a prepara uma gestão moderna e orientada para o futuro!

Otimize seu tempo e se concentre em atividades que realmente geram valor! Entre em contato e tenha acesso ao AddTAX!

Dúvidas frequentes sobre o Robotic Process Automation

O que significa RPA?

A sigla RPA refere-se a “Robotic Process Automation”. Trata-se de uma tecnologia que utiliza software de robôs para realizar tarefas operacionais repetitivas, seguindo regras predefinidas. 

Esses “robôs” não são físicos, mas sim programas projetados para interagir com sistemas, aplicativos e interfaces de usuário da mesma maneira que um ser humano faria.

Por isso, o objetivo do RPA é automatizar processos manuais e rotineiros para permitir que os funcionários tenham mais tempo para se concentrar em atividades estratégicas e criativas.

É preciso ter um programador na empresa para utilizar o SmartDocX?

Não é necessário saber programação para usar todas as ferramentas do Robotic Process Automation (RPA). O RPA é projetado para ser acessível a usuários que não têm experiência em programação. 

Portanto, a sua empresa não precisa possuir um setor de TI ou um profissional exclusivamente dedicado para a programação.

Muitas plataformas RPA oferecem interfaces gráficas intuitivas e amigáveis, conhecidas como “low-code” ou “no-code”, que permitem a criação de automações de forma simples, sem a necessidade de codificação manual.

No entanto, uma compreensão básica de programação pode ser útil para aproveitar ao máximo as capacidades do RPA. Por exemplo, se você deseja realizar automações mais avançadas ou personalizadas, pode ser útil aprender conceitos básicos de programação, como lógica condicional, loops e manipulação de variáveis.